10.5.12

Café da manhã vapt-vupt da Laís

Ingredientes:
1 mãe relapsa e egoísta cansada porque chega tarde do trabalho dia sim, dia também

1 criança independente e aberta a novas experiências

1 xícara bem cheia de uma fome de ontem

1 pitada de “não posso esperar nem um minuto porque o mundo está aqui para me servir e só tenho 5 anos”

diversos potinhos na geladeira (feitos com carinho pela mamãe ou pela Danone para vc, ou não....)

1 colherinha. De nada, não, só a colherinha mesmo vc vai precisar dela pra comer seja lá o que for. (o que fica no alto? Usa um banquinho  né, mané? Ou então fica aí, esperando sua mãe rela cansada acordar! Tsc, tsc)

1 pitada de criatividade

Modo de fazer:

Chame pela sua mãe cansada  em voz alta mais ou menos umas dez vezes, até se certificar de que, depois dela pedir chorando pra vc “não... por favor... só mais 5 minutinhos” ela não vai mesmo levantar nos próximos 20 minutos, pegue sua pitada de “não posso esperar nenhum minuto”  mais sua xícara de fome de ontem e parta para a exploração da geladeira. Após fuçar todos os potinhos e declinar do rápido e previsível  Danoninho, misture sua abertura a novas experiências com a pitada de criatividade para imaginar que aquele purê de inhame que a mamãe fez pro seu jantar pode ser um excelente café da manhã, assim mesmo, comido no potinho e gelado (até porque se ela te pega mexendo no micro ondas a coisa pode ficar muito feia pro seu lado)! Pegue sua colherinha e bon apetit! Depois vc ainda pode comer umas uvas de sobremesa, ou aqueles damascos secos da vovó dando sopa ao alcance da sua mão.
Afinal de contas quem é que inventou que café da manhã não pode ter sobremesa, hein? 

Rendimento: 
uma porção ( ou quantas vc quiser já que vc é quem manda mesmo enquanto ela dorme)

Um comentário:

Suzana disse...

Caramba mulher... Tu é muito fera, escreve muito bem...
Parabéns Tchê!!!
Abraços
Suzana
Tem como enviar tuas atualizações para o meu e-mail?
suzanapmacari@yahoo.com.br