9.4.13

Criando e calculando

Quem me conhece bem mesmo sabe: sempre fui uma aluna aplicada, nunca das mais brilhantes, mas aplicada, sem dúvida. Agora, "matemágica", não entrava mesmo. Sou uma verdadeira negação até hoje.

Logo, entendam bem meu grande alívio quando o relatório da escola no final da pré-escola veio dizendo algo do tipo "tem bom raciocínio lógico e mostra facilidade com números".
Gente é sério: foi emocionate, tipo "ufa, puxou ao pai e não a mim; Obrigada senhor".

Achei muita graça hoje reparando nisso. Em um papelzinho dobrado do tamanho de um documento de identidade ela escrevia concentrada.
- Tá desenhando filha?
"- Un-un." responde ela sem nem me olhar. - "Mãe como se escreve rrãsh?
- R-u....
- Não mãe! É rrã... sh. Rrã, rrã, não ru!
- A palavra é em inglês Laís. Pronuncia-se rrã, mas se escreve rush. R-u-s-h. O que vc tá fazendo?
- Criando uma nova identidade secreta pra mim. Quando eu peso?
- 23kg
- Então vou colocar 25kg. 25 kg é muito mãe?
- Depende.
- Se eu já tivesse 7 anos?
- Não. Acho que tá bom.
- E meu tamanho?
- 1.23 na última vez que medi.
- Então vou colocar 1.26. É muito mãe?
- Não acho que a proporção tá boa. Criança cresce rápido.
- O que é proporção mãe?
- Ih filha, não sei explicar direito... É tipo assim uma medida. Vou ver na internet pra te explicar direitinho tá?
- Tá! A minha identidade secreta é Victoria Rush, eu tenho 7 anos e nasci no dia 14 de... que mês eu nasci mesmo mãe?
- Setembro.
- Não mãe, número.
- Mês nove.
- Então eu nasci 14 do 10. Qual que é o mês 10?
- Outubro. Vc sabe em que ano vc nasceu?
- Sei. 2005.
- Não filha, foi em 2006, vc tem seis anos!
- Não mãe! Eu sei  que eu nasci em 2006! Mas se eu  já tenho 7 anos eu nasci em 2005, né? Dããã.


Verdadeira negação com números gente, né mole não...

Um comentário:

Juliana Soccodato disse...

Adorei Karita! Bjs